Dicas – Como Evitar a Caspa!

Padrão

Tem gente que acha a caspa um problema de falta de higiene. Outras pessoas pensam que é doença. Nem uma coisa nem outra. A caspa, que

é chamada de dermatite seborréica pelos médicos, se caracteriza por uma descamação do couro cabeludo e atinge indiscriminadamente mulheres e homens, estes últimos em maior proporção, pelas próprias características de pele masculina, frequentemente mais gordurosa e seborréica.

Quem pensa que pode “pegar caspa” com uso de pentes de cabeleireiros ou por emprestar a escova para a amiga, esta enganada. Caspa não é contagiosa. A caspa é um componente característico do tipo de pele de cada pessoa, principalmente das pele oleosas. Essa oleosidade do couro cabeludo é genética, mas também pode ser ativada por fatores externos:

Falta de lavagens freqüentes: cada fio de cabelo tem uma ou duas dessas glândulas, que eliminam óleo através dos poros,.o excesso de gordura sobre o couro cabeludo pode provocar uma reação irritativa e uma descamação. Um das questões básicas de quem tem caspa é reforçar ainda mais a higiene e cuidados. Como a higienização é fundamental, as pessoas devem lavar periodicamente os cabelos.

Uso de xampus errados ou inadequados: quem tem cabelos normais e usa xampus para cabelos secos ou quem tem cabelos excessivamente oleosos e usa condicionador em excesso corre o risco de depositar elementos sobre-engordurantes.

Alterações psicológicas: estresse, ansiedade, cansaço, angústia, depressão estes são uns dos maiores aliados da caspa. A tensão nervosa age de forma extremamente negativa, o que pode levar ao aparecimento de distúrbios gastrintestinais, cardiovasculares, psíquicos, além de provocar uma baixa das defesas do sistema imunológico, como também provocar uma série de problemas dermatológicos, entre eles, a caspa.

Fungos: A caspa é resultado do excesso de oleosidade associado a uma descamação do couro cabeludo. Quando muita, a descamação favorece a infecção ou contaminação por fungo, o que pode levar a complicações.

Alimentação: a ingestão excessiva de açúcares e de alimentos muito gordurosos funciona como agentes desencadeadores do

processo.

Resumindo: A caspa não é contagiosa, ocorre em ambos os sexos, tem períodos de melhoras e pioras, sendo que 50% dos brasileiros têm caspa pelo menos uma vez ao ano. Sua causa não está decisivamente estabelecida, podendo ser agravada pelo frio, transpiração, baixa freqüência de lavagem dos cabelos, estados de tensão nervosa que propiciam o aumento de microorganismos como bactérias e fungos no couro cabeludo, como o fungo Ptyrosporum ovale. A grande quantidade de oleosidade pode provocar uma inflamação do couro cabeludo, chamada de dermatite seborréica (a caspa), que precisa de tratamento adequado.

Dicas, Sugestões ou Conselhos (como preferir):

Escove os cabelos antes das lavagens para ajudar a transportar a oleosidade da raiz para a ponta dos fios.

Não use o secador muito próximo ao couro cabeludo.

Não esfregue o couro cabeludo com as unhas.

Use condicionador somente nas pontas.

Não use água muito quente.

Para ativar a circulação massageie o couro cabeludo.

Use um xampu anticaspa alternando com xampu para uso diário. Um xampu anti-resíduo também é aconselhável.

Procurar a ajuda de um profissional se notar que a caspa está se tornando um problema constante

Anúncios

»

  1. Valeu,lavo meu cabelo todo dia e faço secador chapinha ou babyliss todo dia e olha que tenho 10 anos,mas to nem ai meu cabelo fica lindo!O couro cabeludo precisa de uma certa quantidade de oleosidade nele e fazer chapinha secador e babyliss resseca e a célula que faz com que nós produzimos oleosidade produz mais oleosidade pois o couro cabeludo está ressecado efca oleoso demais,por isso lavem o cabelo todos os dias!!

    • É isso aí Amandinha, desde cedo devemos cuidar dos nossos cabelos para que fiquem sempre bonitos saudáveis. Uma dica para quem quer cabelos assim é a linha de manutenção da G12, que vai deixar o seu cabelo incrível!
      Agradecemos o comentário e qualquer dúvida ou sugestão estamos á disposição!

  2. Mas,deixa eu fazer uma perguntinha,se eu faço meu cabelo desde os 10 anos,eles podem ficar estragados na adolescencia? Por favor me respondam

    • Na verdade Amanda, todo cabelo que ‘vive na prancha ou no secador’ e que sofre com química com muita frequência pode ficar sim danificado. Se com muita freqüência, você faz chapinha ou pinta, seus cabelos podem ficar quebradiços ou opacos…enfim, o cabelo fica fragilizado. Por isso é necessário cuidar bem das madeixas. Hidratação e cauterização são duas dicas que deixamos para quem está com os cabelos mais danificados. Indicamos a linha G12 da KEEF COSMETICS.

  3. Ah,outra pergunta eu uso o shampoo e condicionador Seda,liso perfeito,ele é bom?
    Tipo adoro ele,mas não sei se é adequado,e quando faço escova no meu cabelo,passa alguns cremes,para proteger,pra o secado não agredir tanto o cabelo,isso pode produzir mais oleosidade?

    • É isso aí Amandinha, parabéns por estar sempre preocupada com os cabelos, todos sabemos que estes são a moldura do rosto. Quanto a dizer se seu shampoo e condicionador são adequados ou não, é um pouco complicado. Todos os cabelos são diferentes. Alguns são mais secos, outros mais oleosos, depende de cada tipo. O correto é você observar como fica o seu cabelo com o uso desses produtos. É necessário tomar cuidado para que estes não causem dano (como caspa) ou algum outro problema ao couro cabeludo. E você está correta em querer proteger o cabelo na hora da escova, visto que com o uso intenso desses métodos o cabelo pode ficar danificado.

  4. Obrigada,cuido realmente muito do meu cabelo.É verdade o cabelo é mesmo a moldura do rosto,porque tipo,se voce está com a melhor roupa do mundo e seu cabelo feio,tipo,meio que voce tá feia,pra mim o cabelo é tudo!Tem gente que fala que eu exagero de tanto cuidados que tenho com o cabelo,mas pelo menos ele fica bonito e é isso que importa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s