Queda de cabelo, receita caseira pode combater este problema.

Padrão

Nós mulheres sabemos que o cabelos são arma de sedução e, para isso, eles precisam estar sempre lindos! Porém, há um problema que assola a ambos os sexos: a queda de cabelo. Não tem nada pior que pentear os cabelos e, ao olhar para a escova ou pente perceber que muitos fios ficaram nele (a). Dá a impressão que tem mais cabelo lá do que na nossa própria cabeça! rs. Maaaas, uma receitinha caseira é de excelente ajuda para quem sofre deste mal. Aí vai ela:

Ingredientes:

Folhas de amoreira, água e algodão.

Modo de preparo:

Pegue uma xícara (chá) e coloque 2 colheres (sopa) de folhas de amoreira bem picadas e lavadas.

Junte com 1 xícara (chá) de água fervente nas folhas, abafe até o chá esfriar.

Depois de frio, coe o chá, e aplique em todo o couro cabeludo com a ajuda de um algodão.

Massageie bem devagar o couro cabeludo, com a ajuda da ponta dos dedos.

Deixe agir por aproximadamente 30 minutos e lave em seguida.

Repita essa aplicação 3 vezes por semana.

Lógico que não podemos esquecer que, mesmo com essas ‘ajudinhas’ devemos consultar um especialista com frequência. KEEF COSMETIS trazendo sempre as melhores dicas pra você!

Chanel, você sempre sexy!

Padrão

O corte de cabelo estilo chanel continua sendo um dos mais pedidos nos salões. Mas agora o cabelo curtinho, que não passa da altura do queixo, ganhou novas versões e não precisa ser somente no estilo reto. O chanel clássico, inspirado nos cabelo usado pela estilista Coco Chanel, fez sucesso nos anos 60 e até hoje faz a cabeça da mulherada.

Ganhando adaptações mais modernas e inovadoras, o corte estilo chanel serve de inspiração para muitas mulheres através dos modelos usados pelas celebridades.

Conheça agora os modelos de corte chanel ideais para cada formato de rosto para que o caimento seja perfeito para você.

Modelos de corte chanel

Os novos modelos de corte chanel podem ter variações. O cabelo pode ser repicado, assimétrico, na altura dos ombros, desfiado deixando a nuca à mostra ou até mesmo ter franjinha.

O corte chanel tem ótimo caimento em fios lisos, mas quem tem cachos também pode usar. Este tipo de corte combina com qualquer formato de rosto, desde que seja cortado da maneira correta.

Chanel para rosto oval

Mulheres com o rosto oval combinam com qualquer corte neste estilo, desde que tenha o comprimento abaixo do queixo.

Chanel para rosto redondo

Quem tem rosto redondo devem optar pelo chanel assimétrico, com as pontas mais compridas na frente e mais curto na nuca.

Chanel para rosto quadrado

Mulheres de rosto quadrado devem investir em cortes estilizados, de preferência com a nuca alta e com o modelo de chanel com franja desconectada, com caimentos laterais ou franja reta.

Fonte: dicasdemulher.com

Selamento térmico…você sabe o que é?

Padrão

SELANTE é o tratamento de reconstrução interno dos fios e rigoroso fechamento das cutículas, através da utilização de vários ativos biotecnológicamente produzidos como: creatina, queratina, ceramidas, entre outros. Os resultados deste processo são: brilho, textura agradável ao toque, efeito anti – estático, além de também promover muita resistência aos fios, brilho e crescimento
O tratamento chamado SELANTE, que está revolucionando os cabelos campineiros foi desenvolvido pensando nas mulheres que estão satisfeitas com o formato dos fios (lisos, crespos ou ondulados), mas sofrem com o excesso de volume e com o frizz. Hoje, elas podem optar pela selagem térmica, ou seja, um processo que deixa os cabelos mais maleáveis e encapa os fios com uma película que diminui seu volume. O efeito do tratamento dura de 01 a 03 meses, dependendo da freqüência das lavagens, pois o shampoo e a água desfazem a película protetora.

O tratamento começa com uma aplicação do SELANTE e só termina 03(três) dias depois, com a lavagem especial no salão.

O público adepto da nova tendência SELANTE, são mulheres com seus cabelos desidratados, arrepiados e quebradiços, resultado também de um aproveitamento intenso das férias e de grande exposição aos agentes naturais (sol, mar, vento).

Além dos benefícios rápidos e visíveis aos seus cabelos, esta nova técnica possui um preço bem acessível.

Fonte: uol.com.br

Como se livrar da caspa e da coceira no couro cabeludo.

Padrão

Quem já sofreu com caspa sabe o quanto ela incomoda. Se você convive com caspa, às vezes tem vontade de arrancar os cabelos, não é mesmo? A caspa atinge de 2 a 5% da população e, além de provocar coceira, também pode ser bem embaraçosa, deixando os fios com aspecto de sujos. Isso sem contar a tristeza que são os pontinhos brancos na roupa (principalmente as pretas!).

Na verdade, caspa é o nome informal que se dá à Dermatite Seborreica, uma doença que se caracteriza por lesões avermelhadas com descamação, que atinge principalmente o couro cabeludo, mas também as sobrancelhas, face e, com menos frequência, a região do peito, axilas e virilha.

Segundo o dermatologista Francisco Le Voci (SP), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a causa da caspa não é totalmente esclarecida. “O que geralmente se observa é uma alteração nas estruturas da pele chamadas de glândulas sebáceas e também o componente imunológico. Observa-se ainda uma predisposição familiar, além de certa predominância no sexo masculino“, afirma o especialista.

Tratamento

De acordo com Le Voci, o tratamento da caspa depende do local acometido. No couro cabeludo geralmente são utilizados xampus à base de enxofre, ácido salicílico, piritionato de zinco, cetoconazol, ciclopirox olamina, sulfacetamida sódica, entre outros. “Dependendo da gravidade podemos associar xampus e loções com corticóides“, indica o dermatologista. Já na face ou em outras áreas da pele, podem ser utilizados cremes de corticóide, cetoconazol, além de sabonetes específicos para pele oleosa.

Os produtos anticaspa devem, em geral, ser usados diariamente, dependendo da intensidade do quadro, a qual deve ser avaliada por um dermatologista.

Fonte: uol.com.br

Queda de cabelo? Ou será Calvície?

Padrão

Certamente, você já ouviu falar da expressão “pai careca, filho careca”. Então, resta a esses filhos conformarem-se com o que está por vir, certo? Nem tanto. Hoje em dia, existem vários tratamentos para lidar com o problema, permitindo um visual mais bonito – afinal, não são todos os homens que ficam bem no estilo “cabelo raspado”.

Muito ligada a hereditariedade, a calvície atinge milhões de pessoas. Quanto mais cedo começar a prevenção, melhor. Mas atenção: procure sempre um tricologista, médico especialista em saúde capilar, pois muitos métodos ditos “milagrosos” apenas atrasam ou minimizam o problema.

Não confunda, no entanto, queda de cabelo com calvície. Todas as pessoas perdem, em média, de 50 a 100 fios diariamente. “De alguma maneira, a proliferação das células da raiz do cabelo deixa de acontecer, provocando este fenômeno”, explica o tricologista Ademir Júnior, de São Paulo. Isso não significa que o bulbo – local que abriga a raiz do cabelo – não vai mais funcionar. Outro fio pode nascer no mesmo local daquele que caiu.

“Deve-se estar sempre atento aos primeiros sinais da queda, fazendo um bom diagnóstico do problema e eliminando a causa, que quase sempre é ligada à genética”, complementa o médico. Problemas hormonais, má alimentação e alguns medicamentos podem influenciar.

Por incrível que pareça, fatores climáticos também afetam a saúde capilar, culminando, em várias ocasiões, com a queda mais acentuada dos cabelos. “O sol muda o ciclo dos fios”, diz Ademir Júnior. Em geral, a fase de queda capilar ocorre antes da época em que a incidência solar é mais forte – é por isso que muita gente sofre de queda de cabelos no outono.

 Elas também  sofrem

Tanto calvície como a caspa também afetam as mulheres, ainda que com intensidade menor. Nelas, a queda capilar é muito atrelada aos hormônios femininos, que inibem a fase de crescimento dos cabelos – eles acabam caindo mais cedo e surgem mais finos e curtos. Porém, para sorte delas, raramente aparecem as famosas “entradas” ou a “coroa” (aquela falta de cabelo bem na ponta da cabeça), como nos homens. “Por outro lado, não é incomum que os fios delas rareiem no topo da cabeça”, ressalva o tricologista. Por isso, é importante ficar de olho e cuidar das indesejáveis quedas de cabelo o quanto antes.

Fonte: portalvital.com

Cuidados com couro cabeludo.

Padrão

Para manter o cabelo bonito e sedoso, é importante investir em hidratações e tratamentos capilares. Porém, um dos passos fundamentais para deixá-lo impecável é dedicar-se, inclusive, aos cuidados com o couro cabeludo. “É justamente ali que nascem os fios. E como a pele dessa área é muito vascularizada, deve-se mantê-la sempre bem limpa e saudável”, explica Valcinir Bedin, dermatologista capilar e Presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo.

Se o couro cabeludo está bem tratado, os fios ficam soltos e sedosos, e a gordura produzida naturalmente pelo organismo se distribui ao longo de toda a fibra capilar, deixando-os macios e brilhantes. Mas quando a região não está saudável, a beleza do cabelo também sofre consequências, como oleosidade excessiva, queda e ressecamento, além de coceira e descamação. “Entre os principais problemas do couro cabeludo está a dermatite seborreica, conhecida como caspa”, explica o dermatologista.

Para compreender a situação, lembre-se de que a camada superior da pele do couro cabeludo (epiderme), como no resto do corpo, consiste em células mortas. Elas gradualmente se descamam e são substituídas por células das camadas inferiores. Na maioria das pessoas, essas escamas são muito pequenas para serem visíveis. No entanto, certas condições podem fazer com que o ritmo de troca das células seja acelerado, principalmente no couro cabeludo.

Nas pessoas com caspa, as células da pele podem morrer e ser substituídas aproximadamente uma vez a cada duas semanas, enquanto nas pessoas sem caspa esse processo leva cerca de um mês. Diversos são os fatores responsáveis por essa alteração, como a presença de um fungo no couro cabeludo, chamado Malassezia, e o excesso de oleosidade decorrente de disfunções nas glândulas sebáceas. “Situações como o estresse, a baixa umidade relativa do ar, alterações de pressurização (como no avião) ou frio intenso influenciam”, alerta o médico.

Capriche nos cuidados

Para evitar a caspa e outros aborrecimentos, deixar seu couro cabeludo saudável e ainda conquistar fios lindos e soltos, siga as dicas:

– “Lave frequentemente o cabelo para remover a oleosidade excessiva”, aconselha Valcinir. O acúmulo de óleo no cabelo favorece o desenvolvimento de fungos e o aparecimento da descamação.

– Durante a lavagem, massageie o couro cabeludo com as pontas dos dedos.

– Lave os fios com água morna ou fria, pois a alta temperatura estimula o ressecamento da região.

– Evite situações estressantes.

– Mantenha uma alimentação saudável.

– Use shampoo e condicionador indicados para o tratamento da caspa
Fonte: portalvital.com